Aplicativo RG Digital


A partir de 2021, o RG digital será o único modelo emitido no Brasil. Já se preparou para essa mudança?

Sabe quando tirar a nova versão ou quais são as vantagens desse formato?

Continue acompanhando o texto e descubra as respostas para essas e outras perguntas!

O RG digital terá numeração unificada no país, perante a descentralização dos dados de identificação, conforme ocorre hoje em todos os estados dificultando o trabalho das polícias militares na abordagem de suspeitos.

O serviço agiliza os processos de identificação e permite solicitar segunda via do documento sem sair de casa

Emissão da nova identidade será obrigatória no Brasil

A ideia do RG digital é ainda do governo anterior em 2019, entretanto, em virtude das dificuldades dos órgãos de identificação civil — dos estados e do Distrito Federal — em se adaptar às alterações, esse prazo foi adiado para 1º de março de 2020.

A expectativa era que, em 2020, todas as Unidades da Federação já estivessem prontas para a confecção do documento, o que não ocorreu. Com isso, uma nova prorrogação “final” do prazo inicial, agora, 1º de março de 2021.

A promessa é de que não haverá mais postergações, tornando muito provável que, de fato, os novos RGs passem a ser usados no Brasil a partir do início de 2021.

 

De que forma funcionará o RG Digital?

O RG Digital terá numeração unificada no país, perante a descentralização dos dados de identificação, conforme ocorre hoje em todos os estados dificultando o trabalho das polícias militares na abordagem de suspeitos.

Chamado de Documento Nacional de Identificação (DNI), o novo RG terá tamanho reduzido, será emitido em cartão ou papel e trará diversos mecanismos de comprovação de autenticidade.

Dentre eles, os que mais chamam a atenção é o QR Code, que facilita o escaneamento do documento por quaisquer órgãos de controle, a mudança de relevo e a exibição de informações sensíveis à luz ultravioleta.

Com tantas camadas de segurança da informação, a expectativa é de uma redução brutal no volume de casos anuais de falsificação de documentos de identificação, estratégia usada como ponte para a prática de crimes como estelionatos, roubos e fraudes bancárias.

O novo RG digital substituirá todos os documentos numerados em sua superfície e será integrado com outros registros que já existem de forma virtual, como a CNH, o CPF e a certidão de casamento on-line.

Além disso, permitirá o download de sua versão para dispositivos eletrônicos nas lojas de aplicativos iPhone e Android.

No futuro, o número do RG será unificado em todo Brasil, com o novo documento DNI (Documento Nacional de Identidade). O documento de identidade digital também pode ser chamado de DNI.

O novo documento poderá agregar, a pedido do interessado, os seguintes dados:

– Cadastro de Pessoa Física (CPF)
– Número de Identificação Social (NIS)
– Título de Eleitor
– Documento de Identidade Profissional
– Carteira de Trabalho
– Certificado Militar, para homens
– Carteira Nacional de Habilitação (CNH)
– PIS/Pasep
– Cartão Nacional de Saúde
– Tipo sanguíneo com fator Rh

O novo documento de identificação digital ainda oferece a possibilidade de inserir o “nome social”, mesmo sem formalização anterior no cartório de registro civil.

Vale lembrar, entretanto, que o formato antigo do RG permanece válido em todo o território nacional e será substituído gradualmente pelo modelo digital.


Benefícios do RG Digital

Os benefícios do RG digital à população são diversos. Começa na simples praticidade de não ter mais que carregar dezenas de papéis a cada visita a um órgão público ou a uma entrevista de emprego.

Em resumo, os benefícios desse modelo digital de identificação são:

– praticidade e comodidade;
– desnecessidade de carregar documentos físicos;
– contribuição à preservação ambiental;
– redução de custos do Estado;
– aumento na segurança das transações;
– redução dos crimes de fraude bancária;
– rapidez na identificação civil.

Contratação de profissionais a distância – Além disso, o RG Digital facilita o ciclo completo de contratação de profissionais a distância, não se restringindo apenas à entrevista, mas a todo o processo de seleção, assinatura de contratos e coleta de documentos.

Com isso, novos modelos de trabalho e a contratação de talentos residentes no exterior se tornam práticas cada vez mais comuns.

Redução Risco Fraude – A redução dos riscos de fraudes bancárias é outra dádiva desse modelo, exemplo sobre o quanto a transformação digital aprimora serviços e melhora a vida dos cidadãos.

⚠️ A adoção nacional do DNI é uma evidência do quanto a digitalização caminha para extinguir em definitivo o uso dos processos manuais no dia a dia dos cidadãos, em todos os âmbitos da sociedade.

 


Quais são os primeiros estados a receber o RG digital?

O documento de identificação digital não é exatamente uma novidade no Brasil, pois muitos órgãos de classe já emitem registro com tal tecnologia, e já há alguns anos.

Embora o novo Documento Nacional de Identificação Digital (DNI) ainda não esteja sendo emitido nos termos determinados pelo decreto de 2018, já existem estados saindo na frente nessa corrida da digitalização.

Ao emitirem antecipadamente seus RGs em versão digital e com agregação de múltiplas informações.

É o caso do Estado de São Paulo e Pernambuco, que tem suas próprias versões de aplicativos de RG Digital.

Nesse caso, encaixam-se, também os estados:

  • RG Digital AC
  • RG Digital CE
  • RG Digital DF
  • RG Digital GO
  • RG Digital MA
  • RG Digital MT
  • RG Digital PR
  • RG Digital PE
  • RG Digital RJ
  • RG Digital RS
  • RG Digital SP – clique aqui

Os cidadãos que já estiverem com o modelo digital do RG em 2021, terão mais facilidade para trocar seu documento pela versão unificada, quando do início da emissão do registro único.

Os órgãos de identificação têm liberdade para emitir seu RG digital em cédula ou cartão.

 


RG DIGITAL SP

A Polícia Civil de São Paulo lançou o novo RG DIGITAL SP, ele é a versão digital da nova cédula de identidade ou o antigo (RG – Registro Geral).

Por meio de aplicativo específico, o “RG DIGITAL SP”, a identidade virtual pode ser baixada e armazenada em aparelho celular, de forma gratuita. O documento digital é válido em todo o território nacional.

👉 Clique Aqui veja mais sobre o RG Digital SP

Como o RG Digital SP é possível carregar a identidade digital no celular e solicitar a 2ª via do documento físico sem sair de casa.

 


Veja mais informações sobre:

👤 – Nova Carteira de Identidade Digital

📟 – CNH Digital – Fazer, cadastrar e ativar

🚘 – CRLV Digital – Imprimir e Baixar App